BC reduz projeção e vê inflação no centro da meta em 2017

quinta-feira, 16 de junho de 2016 08:50 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central reduziu a projeção de inflação para 2017, passando a vê-la no centro da meta de 4,5 por cento pelo cenário de referencia, apesar de ter piorado sua perspectiva de alta dos preços para 2016, mostrou a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada nesta quinta-feira.

Pelo documento, repetiu que não há espaço para redução da taxa básica de juros e que há incertezas no campo fiscal.

Na semana passada, o BC manteve a Selic em 14,25 por cento ao ano, mesmo patamar desde julho de 2015, na última reunião com Alexandre Tombini à frente da autoridade monetária. O atual presidente, Ilan Goldfajn, assumiu o posto na quinta-feira e, por isso, a ata ainda não reflete as orientações de sua gestão.

(Por Marcela Ayres)