Governo federal autoriza abertura de 75 mil novas vagas para Fies no 2º semestre

quinta-feira, 16 de junho de 2016 20:22 BRT
 

Por Juliana Schincariol

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O governo federal investirá 450 milhões de reais em 75 mil novas vagas para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no segundo semestre, informaram nesta quinta-feira o ministro da Educação, Mendonça Filho, e o presidente interino Michel Temer.

O governo também elevou o limite de renda bruta por candidatos do Fies para 3 salários mínimos per capita, ante 2,5 salários anteriormente, disse o ministro.

As inscrições vão de 24 a 29 de junho. O edital que regulamenta a seleção dos estudantes interessados em obter o financiamento será publicado na sexta-feira.

No primeiro semestre deste ano, o Fies ofertou 250.279 novos contratos, mas segundo entidades do setor, cerca de 115 mil vagas não foram preenchidas.

Ao final de março, o então ministro da Educação do governo Dilma Rousseff, Aloizio Mercadante, alterou procedimento relacionado ao processo seletivo do Fies do primeiro semestre para permitir que a redistribuição de vagas remanescentes ocorra para outros cursos da mantenedora da instituição de ensino, e não apenas entre os cursos da própria instituição em questão.

O presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino (Abmes) e do Conselho da Ser Educacional, Janguiê Diniz, afirmou que a expectativa do setor era de que fossem criadas entre 75 mil e 100 mil novas vagas.

"Eu pelo menos estou vendo com bons olhos já que o governo está mantendo a palavra de que iria manter ou até melhorar os programas sociais como Prouni ou Fies", disse.

O ministro Mendonça filho disse que somente foi possível disponbilizar novas vagas para o Fies depois que o governo interino recuperou cerca de 4,8 bilhões de reais do orçamento do ministério.