Plantio de milho na Argentina vai aumentar 20% em 2016/17, diz ministro

sexta-feira, 17 de junho de 2016 11:15 BRT
 

Por Nelson Bocanegra

MEDELLIN, Colômbia (Reuters) - A área plantada com milho na Argentina poderia aumentar 20 por cento durante a temporada 2016/17, o que resultaria em um crescimento na produção entre 10 milhões e 15 milhões de toneladas em relação ao ano anterior, afirmou o ministro da Agricultura do país.

O impulso para o milho no quarto maior exportador do mundo viria com o grão avançando em áreas de soja, disse Ricardo Buryaile, no intervalo de um fórum econômico global na Colômbia, na noite de quinta-feira.

"Nós estimamos que vamos ter um aumento no cultivo de cerca de 20 por cento", disse Buryaile à Reuters. "Nós poderíamos ter entre 10 e 15 milhões de toneladas a mais de milho".    Segundo ele, com isso, "obviamente" haverá uma redução na área de soja, uma vez que as duas culturas competem por área.

"Estimamos que dos 60 milhões de toneladas (de soja) que teríamos, a produção certamente vai cair para 55 milhões de toneladas."

A Argentina é o maior exportador global de óleo e farelo de soja.

Já a safra de trigo do país vai subir 50 por cento em 2016/17, para entre 15 milhões e 16 milhões de toneladas, disse Buryaile.

(Por Nelson Bocanegra)

((Tradução Redação São Paulo 55 11 56447751)) REUTERS RS LC