Irã fecha acordo para comprar 100 aviões da Boeing

domingo, 19 de junho de 2016 13:21 BRT
 

DUBAI (Reuters) - O Irã fechou um acordo para comprar 100 aviões de passageiros da fabricante norte-americana de aeronaves Boeing (BA.N: Cotações), e os dois lados agora aguardam a aprovação do Tesouro dos Estados Unidos para finalizar o negócio, disse o chefe da Organização de Aviação Civil do Irã, segundo reportagens da mídia estatal iraniana neste domingo.

Até o momento, a Boeing só recebeu permissão para apresentar seus produtos para a IranAir e algumas outras poucas companhias aéreas, à medida que fabricante dos EUA corre atrás da europeia Airbus (AIR.PA: Cotações), que já obteve um acordo provisório este ano para vender 118 jatos por 27 bilhões de dólares.

Reportagem da Reuters em 6 de junho informou que o Irã estava se aproximando de um acordo histórico para comprar aviões de carreira da Boeing pela primeira vez desde a Revolução Islâmica de 1979, e que um acordo para mais de 100 aeronaves poderia ser anunciado em breve.

"Dos 250 aviões (de passageiros) no Irã, 230 precisam ser substituídos", disse Ali Abedzadeh, chefe da Organização de Aviação Civil do Irã, acrescentando que um acordo por escrito foi assinado com a Boeing para a compra de 100 aeronaves.

Segundo Abedzadeh, o cronograma exato para a implementação do acordo não pode ser informado antes que seja dada uma autorização pelo Departamento de Estado dos EUA.

(Reportagem da redação de Dubai)