Trabalhadores franceses suspendem greve em porto de Fos-Lavera, diz líder sindical

domingo, 19 de junho de 2016 15:42 BRT
 

PARIS (Reuters) - A central sindical francesa CGT suspendeu a greve de quatro semanas no terminal petrolífero de Fos-Lavera, no sul da França, informou neste domingo uma autoridade sindical à Reuters.

No dia 23 de maio, os membros do linha-dura CGT no maior terminal portuário de petróleo da França se juntaram aos protestos em todo o país contra as reformas trabalhistas do governo, interrompendo a carga e descarga de navios, incluindo de petróleo, GNL e químicos.

Pascal Galeote, representante da central sindical CGT, disse que os trabalhadores do terminal portuário agora vão se juntar aos protestos previstos para ocorrer em todo o país nos dias 23 de junho e 28 de junho.

Na sexta-feira, o governo promoveu a primeira reunião em três meses com a CGT, porém nenhum dos lados demonstrou qualquer avanço.

O secretário-geral da CGT, Philippe Martinez, informou que as negociações não tiveram efeito sobre os planos para as manifestações de rua na quinta-feira, que o governo pode banir.

(Reportagem de Marc Leras e Bate Felix)