Economia alemã começou bem o 2º tri, diz Ministério das Finanças

segunda-feira, 20 de junho de 2016 08:44 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A economia alemã começou bem o segundo trimestre e sua ascensão deve continuar ainda que a um ritmo mais lento do que nos três primeiros meses do ano, afirmou nesta segunda-feira o Ministério das Finanças.

A maior economia da Europa cresceu 0,7 por cento entre janeiro e março, taxa trimestral mais forte em dois anos, uma vez que a alta do consumo privado, investimentos em construção e gastos estatais com imigrantes mais do que compensaram o comércio exterior fraco.

O governo espera que a demanda doméstica leve a uma expansão econômica de 1,7 por cento em 2016, em linha com o ano passado.

"A economia alemã começou bem o segundo trimestre", disse o ministério em seu relatório mensal. "Os indicadores econômicos sugerem uma continuidade da ascensão econômica, embora a um ritmo menos dinâmico do que no início do ano."

A alta do emprego, salários mais altos e taxas de juros baixas estão ampliando o poder de compra dos consumidores alemães, disse o ministério, acrescentando: "Em geral, as condições para o consumo privado continuam boas."

Em relação ao comércio exterior, o ministério afirmou que as exportações ainda estão crescendo graças à demanda forte dos países da União Europeia, o que alivia o efeito da demanda mais fraca de mercados emergentes como China, Brasil e Rússia.

"Entretanto, os riscos relativos ao comércio permanecem, especialmente em relação ao desenvolvimento ainda fraco da economia mundial", completou.

(Reportagem de Michael Nienaber)