Proposta da Kroton por Estácio é final e não será alterada, diz fonte

terça-feira, 21 de junho de 2016 17:36 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A proposta de relação de troca oferecida pelo grupo privado de ensino Kroton para comprar a Estácio Participações é final e não será alterada, disse nesta terça-feira à Reuters uma fonte a par dos planos da Kroton. A Kroton apresentou nesta terça-feira seus termos para a aquisição da Estácio, propondo 1,25 ação de sua emissão para cada papel da rival direta.

A fonte afirmou que é irracional esperar 1,5 ação, relação preferida pela família Zaher, segunda maior acionista da Estácio, conforme informou mais cedo à Reuters outra fonte com conhecimento do assunto.

A Kroton entendeu que as conversas com o Conselho não estavam evoluindo de forma razoável, disse a fonte, e a companhia decidiu oferecer o que considera sua "melhor proposta". "Esta é a proposta final, de fato", disse.

A Kroton já falou com acionistas que detêm 40 por cento do capital da Estácio e todos o contatos até agora apoiam sua proposta, de acordo com a fonte, que não especificou o nome destes acionistas. Ela limitou-se a dizer que são "os principais acionistas", e que há acionistas que são das duas companhias e outros exclusivos da Estácio.

    "Eles farão a mensagem de apoio chegar ao Conselho da Estácio. Esta semana eles vão mandar cartas e fazer calls com o presidente do Conselho da Estácio para deixar claro que apoiam a relação de troca", disse.

A família Zaher, segunda maior acionista da Estácio, passou a ter apenas um assento no Conselho de Administração da companhia após o então presidente do Conselho, Chaim Zaher, assumir a presidência da companhia e licenciou-se do cargo na semana passada. A filha de Chaim, Thamila Cefali Zaher, é conselheira da Estácio.

"Os outros conselheiros são todos do mercado e farão uma análise do potencial da oferta", disse a fonte.

A fonte afirmou ainda que a Kroton está convicta que sua proposta gera mais valor do que qualquer outra, inclusive a da Ser Educacional, que sinalizou nesta terça-feira a possibilidade de reavaliar os termos de sua oferta.

Procurada, a assessoria de imprensa da Kroton não comentou as tratativas para compra da Estácio.

(Por Juliana Schincariol)