Importações de cacau do Brasil triplicam devido à seca

terça-feira, 21 de junho de 2016 19:22 BRT
 

(Reuters) - As importações de cacau do Brasil saltaram para 37 toneladas de janeiro a maio, ante 11 toneladas no mesmo período do ano passado, conforme a produção doméstica da commodity caiu devido à falta de chuvas nas regiões produtoras.

Foi o maior volume de importações no período desde 2013, segundo dados do Ministério do Comércio.

O aumento das importações aconteceu após o tempo seco na Bahia, principal produtor de cacau do Brasil, e chuvas irregulares nas áreas de cultivo ao Norte afetarem a produção local.

A produção na principal área de cacau do país caiu para 72.267 toneladas em 2015/16, com retração de 23 por cento ante as 93.530 toneladas da temporada anterior, segundo a Associação Comercial da Bahia.

O Brasil já foi um importante exportador de cacau, mas passou a ser um importador há décadas, quando a praga vassoura-de-bruxa devastou a produção. Agora o mercado brasileiro é acompanhado de perto devido às importações do cacau e produtos derivados.

(Por Reese Ewing)