Mercados chineses recuam antes de referendo no Reino Unido

quinta-feira, 23 de junho de 2016 07:40 BRT
 

XANGAI/HONG KONG (Reuters) - As bolsas da China recuaram nesta quinta-feira mas o volume de negociação foi baixo uma vez que a maioria dos investidores se manteve afastada na expectativa do resultado do referendo no Reino Unido sobre a permanência na União Europeia (UE).

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,53 por cento, enquanto o índice de Xangai teve baixa de 0,46 por cento.

A maioria das pesquisas de opinião mostram os campos "sair" e "permanecer" em uma disputa apertada para o referendo britânico desta quinta-feira. Os resultados começarão a ser divulgados no inicio da sexta-feira na Ásia.

Além dos temores em relação ao referendo, os investidores também estão preocupados com a saúde da economia da China, e o risco de mais enfraquecimento do iuan.

Embora o tom de cautela se mantivesse no restante dos mercados asiáticos, o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão tinha alta de 0,60 por cento às 7:38.

"A maioria das pessoas a esse ponto espera alta no mercado" diante das expectativas de que a votação vai favorecer a permanência britânica na UE", disse o estrategista do Nissay Asset Management Isao Kubo.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,07 por cento, a 16.238 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,35 por cento, a 20.868 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,46 por cento, a 2.892 pontos.   Continuação...