Gerdau conclui venda na Espanha e para de produzir aço na Europa

quinta-feira, 23 de junho de 2016 10:47 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo siderúrgico Gerdau concluiu nesta quinta-feira a venda de produtora de aços especiais na Espanha para o grupo de investidores locais Clerbil, finalizando negócio que faz com que a empresa deixe de ter instalações produtivas na Europa.

O negócio foi anunciado em maio deste ano, envolvendo valor de até 200 milhões de euros, em meio a planos da companhia de focar em empresas com maior rentabilidade. A Gerdau era controladora das operações vendidas na Espanha desde 2006.

A produtora de aços especiais voltará a operar sob a marca Sidenor e possui fábricas no País Basco, em Cantabria e na Cataluña e escritórios comerciais na Alemanha, França, Itália e Reino Unido. A capacidade instalada da companhia é de 1 milhão de toneladas por ano.

Segundo a Gerdau, a empresa e a Sidenor "continuarão colaborando com o desenvolvimento de novos produtos, particularmente aços para a indústria automotiva".

As ações da Gerdau exibiam alta de 1,9por cento às 10h44, enquanto o Ibovespa mostrava valorização de 0,9 por cento.

A Gerdau anunciou há alguns meses um plano para revisão de todas as suas operações, em meio à crise de excesso de capacidade produtiva global do setor siderúrgico que tem prejudicado grupos produtores de aço no Brasil e em outros países.

Segundo dados da Associação Mundial de Aço (Worldsteel), a produção de aço bruto na Espanha de janeiro a maio acumulou queda de cerca de 9 por cento sobre um ano antes, a 6 milhões de toneladas. Apenas em maio, a produção teve queda de 10,6 por cento, a 1,25 milhão de toneladas.

(Por Alberto Alerigi Jr.)