Bovespa sobe quase 3%, maior alta em mais de um mês, na expectativa de referendo britânico

quinta-feira, 23 de junho de 2016 18:22 BRT
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou com sua maior valorização em quase um mês e meio nesta quinta-feira, com o mercado aguardando o resultado do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia e, do lado doméstico, atento a desdobramentos da operação Lava Jato.

O Ibovespa subiu 2,8 por cento, a 51.559 pontos. O giro financeiro da sessão somou 5,6 bilhões de reais.

A maioria das pesquisas de opinião mostrou uma disputa apertada entre as campanhas para a permanência e saída do Reino Unido da UE, mas expectativas de manutenção britânica no bloco deram otimismo aos investidores. O resultado será conhecido na madrugada desta sexta-feira.

No Brasil, a Polícia Federal prendeu pela manhã Paulo Bernardo, ex-ministro dos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, na operação "Custo Brasil, um desdobramento da Lava Jato.

"A Lava Jato vai avançando, atingindo a cúpula do PT, o que pode trazer maior possibilidade da presidente afastada Dilma sair (em definitivo)... Muitos investidores, principalmente estrangeiros, seguem desconfortáveis com relação ao Brasil por conta do cenário de incerteza em relação à Presidência", disse o analista Rafael Ohmachi, da Guide Investimentos.

Participantes do mercado também comentaram sobre sinais de maior força e governabilidade do governo Michel Temer em votações relevantes, o que trouxe alguma dose de otimismo.

DESTAQUES   Continuação...