Mercados asiáticos recuam com força após Reino Unido votar por sair da UE

sexta-feira, 24 de junho de 2016 08:01 BRT
 

XANGAI/LONDRES (Reuters) - As bolsas chinesas recuaram mais de 1 por cento nesta sexta-feira depois que o Reino Unido votou por deixar a União Europeia, chocando os mercados financeiros globais.

O forte controle de capital da China, no entanto, conteve as pesadas vendas que afundaram com mais força outros mercados asiáticos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,29 por cento, enquanto o índice de Xangai teve baixa de 1,33 por cento. Na semana, ambos perderam 1,1 por cento.

A decisão dos britânicos de deixar a UE afetou as ações em todo o mundo, levando investidores a buscarem ativos seguros como dívidas de governos bem classificados, o iene e o ouro.

Tal golpe à confiança global pode muito bem impedir que o Federal Reserve, banco central norte-americano, eleve a taxa de juros como planejado este ano, e pode até mesmo provocar uma nova rodada de afrouxamento monetário emergencial de todos os principais bancos centrais.

Às 7:59, o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 3,49 por cento.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei desabou 7,92 por cento, a 14.952 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,92 por cento, a 20.259 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,33 por cento, a 2.853 pontos.   Continuação...