Principal índice europeu de ações cai mais de 7% após britânicos decidirem sair da UE

sexta-feira, 24 de junho de 2016 08:21 BRT
 

Por Atul Prakash

LONDRES (Reuters) - O principal índice acionário europeu, pressionado pelos bancos da região, sentiu a força da decisão dos britânicos de deixar a União Europeia (UE) nesta sexta-feira e recuava cerca de 7 por cento, com repercussões por todos os mercados globais.

Às 8h18 (horário de Brasília) o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 caía 7,26 por cento, a 1.261 pontos, depois de chegar a 1.241 pontos. O índice STOXX 600 recuava 7,5 por cento, a 320 pontos.

O recuo das ações europeias removeu cerca de 650 bilhões de euros em valor de mercado das ações listadas na Europa.

"O maior risco macroeconômico para a Europa neste ano... se cristalizou", informou o Goldman Sachs em nota. "A decisão reduz o cenário de crescimento para o Reino Unido e a Europa em meio à elevada incerteza política e ameaça condições financeiras mais apertadas."

O índice de ações de bancos da zona do euro caía cerca de 15 por cento e caminhava para a maior queda diária na história por preocupações com a repercussão do referendo na economia regional que já enfrenta baixo crescimento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 4,63 por cento, a 6.044 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caía 7,35 por cento, a 9.503 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdia 8,76 por cento, a 4.074 pontos.   Continuação...