ChemChina terá 40% de complexo petroquímico da russa Rosneft

sábado, 25 de junho de 2016 12:43 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A Rosneft, maior produtora de petróleo da Rússia disse neste sábado que a China National Chemical Corporation (ChemChina) terá uma fatia de 40 por cento em seu complexo petroquímico VNHK no extremo oriente do país.

"A participação da ChemChina permitirá à Rosneft otimizar o financiamento do projeto e organizar vendas em conjunto dos produtos de alta margem do futuro complexo nos mercados premium da região Ásia-Pacífico", disse Rosneft em comunicado.

Rosneft e ChemChina também assinaram um novo contrato de fornecimento de petróleo de um ano, a empresa russa disse, sem fornecer volumes ou detalhes financeiros. Em junho de 2015, a Rosneft assinou um contrato de um ano para fornecer até 200 mil toneladas de petróleo bruto para a ChemChina por mês.

A agência de notícias TASS citou Igor Sechin, Rosneft executivo-chefe, dizendo que a empresa não tinha planos de reduzir a oferta de petróleo para a China e gostaria de defender a sua posição no mercado em meio à competição com a Arábia Saudita, Catar, Iraque e Irão.

"Vamos ficar com os volumes nós combinamos. É cerca de 40 milhões de toneladas (por ano)," Sechin foi citado como dizendo.

A Rússia foi a maior fornecedora de petróleo para a China em maio pelo terceiro mês seguido, superando a Arábia Saudita.

(Reportagem de Maria Kiselyova)