Perda de acesso do Reino Unido ao mercado único seria catastrófico, diz ministro britânico

domingo, 26 de junho de 2016 11:59 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O secretário de Relações Exteriores britânico, Philip Hammond, disse neste domingo que seria "catastrófico" para o Reino Unido perder o acesso ao mercado único europeu depois da votação pela saída da União Europeia (UE).

Hammond, que fez campanha pela permanência britânica no bloco, disse que o Reino Unido não seria capaz de manter o acesso ao mercado único e ao mesmo tempo garantir controle completo sobre a migração de países membros da UE.

Ele disse que os candidatos para suceder David Cameron como líder do Partido Conservador e, portanto, como primeiro-ministro, teriam de deixar claro suas posições com relação a troca entre o controle da migração e retenção de acesso ao mercado único.

Hammond disse que não seria um candidato para liderar o partido e o país.

(Por Estelle Shirbon)