Mercados da China avançam, restante da região vive incerteza com Reino Unido

segunda-feira, 27 de junho de 2016 07:53 BRT
 

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - As bolsas da China subiram mais de 1 por cento nesta segunda-feira, lideradas pelas empresas com baixo valor de mercado, uma vez que os investidores minimizaram a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia.

Os mercados chineses tiveram uma pequena queda na sexta-feira após o referendo britânico, mas nesta segunda-feira os principais índices avançaram após uma abertura fraca.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 1,41 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,44 por cento.

"O impacto direto da saída do Reino Unido da UE é limitado, já que o mercado de capital da China não é totalmente aberto", disse Wu Kan, diretor de negociações de ações da Shanshan Finance.

O restante dos mercados asiáticos, entretanto, enfrentava profundas incertezas com a decisão do Reino Unido.

Às 7:46, o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,37 por cento.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,39 por cento, a 15.309 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,16 por cento, a 20.227 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,44 por cento, a 2.895 pontos.   Continuação...