Premiê da China diz que decisão britânica de deixar UE aumenta incerteza global

segunda-feira, 27 de junho de 2016 10:12 BRT
 

Por Kevin Yao

TIANJIN, China (Reuters) - A decisão dos britânicos de deixar a União Europeia aumentou incertezas sobre a economia global e a China torce por uma UE unida e estável e por um Reino Unido próspero, afirmou nesta segunda-feira o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

O referendo britânico "mostrou seu impacto no mercado internacional e elevou mais as incertezas sobre a economia global", disse Li ao Fórum Econômico Mundial, nas primeiras declarações públicas de um importante líder chinês sobre o resultado do referendo britânico na semana passada.

"Também quero dizer aqui que a Europa é um parceiro importante de cooperação com a China, e a China continuará a se dedicar para manter o bom desenvolvimento dos laços sino-europeus e sino-britânicos", disse Li.

"Diante do cenário de globalização, é impossível para cada país falar de seu próprio desenvolvimento descartando o ambiente econômico mundial."

Li também pediu esforços globais sobre desafios envolvendo a recuperação econômica global e o aumento da confiança dos investidores.

 
Primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.     24/03/2016        REUTERS/China Daily