Libra atinge menor patamar desde 1985 e rendimento de título britânico vai abaixo de 1%

segunda-feira, 27 de junho de 2016 19:00 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os mercados financeiros britânicos sofreram novamente nesta segunda-feira, com o rendimentos dos títulos públicos de 10 anos caindo abaixo de 1 por cento pela primeira vez e a libra esterlina atingindo a mínima em 31 anos frente ao dólar, com investidores apostando que a votação britânica pela saída da União Europeia (UE) vai disparar corte de juros pelo Banco da Inglaterra.

Bilhões de libras foram varridos do valor das ações dos bancos britânicos, com o vácuo político e as incertezas econômicas geradas pelo referendo de quinta-feira levando a revisões para baixo das perspectivas de crescimento econômico do Reino Unido, da libra e de taxas de juros.

A libra chegou a recuar a 1,3118 dólar, em queda de 4 por cento, para seu menor patamar desde setembro de 1985, e o rendimento dos títulos públicos tiveram a pior queda em dois dias desde que o Banco da Inglaterra iniciou seu programa de compra de títulos em março de 2009.

O valor de mercado do Barclays e do Royal Bank of Scotland caiu um terço em apenas dois dias, o que significa que cidadãos britânicos perderam 8 bilhões de libras desde quinta-feira por meio da participação do Tesouro de 72 por cento no RBS.

"A economia do Reino Unido caminha para a recessão", disseram analistas da Llewelyn Consulting na segunda-feria.

O rendimento do títulos de 10 anos do Reino Unido caiu para a mínima de 0,933 por cento.

(Por Jamie McGeever)