Índice europeu fecha em alta pela 1ª vez em 3 dias depois do impacto da votação britânica

terça-feira, 28 de junho de 2016 15:36 BRT
 

(Republica reportagem para acrescentar a palavra europeu no título e corrigir empastelamento dos parágrafos)

LONDRES/MILÃO 28 Jun (Reuters) - As ações europeias fecharam em alta pela primeira vez em três dias nesta terça-feira depois de uma venda generalizada que seguiu o choque da votação britânica para deixar a União Europeia, com as enfraquecidas ações financeiras liderando a recuperação.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 2,4 por cento, a 1.252 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 teve alta de 2,57 por cento, a 316 pontos, depois de acumular queda de 11 por cento nas duas sessões anteriores.

As ações de seguros e de bancos subiram, depois de serem as mais afetadas na confusão do mercado. A Legal & General teve alta de quase 8,0 por cento depois afirmar que seu balanço patrimonial se provou resiliente à votação britânica e tinha ajustado sua exposição a ativos mais arriscados anteriormente.

Em outras partes dentre os financeiros, o Lloyds, o Bankia e a Intesa aumentaram entre 4,8 por cento e 8,3 por cento, mas o UBS caiu 2,0 por cento, puxado pelo corte no preço-alvo.

As ações da Volkswagen subiram 1,7 por cento depois que a fabricante de carros alemã concordou em pagar mais de 15,3 bilhões de dólares para fechar um acordo pelas acusações por ter fraudado testes de emissões de diesel nos EUA.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 2,64 por cento, a 6.140 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,93 por cento, a 9.447 pontos.   Continuação...