Draghi vê saída britânica da UE impactando PIB da zona do euro em até 0,5% em 3 anos, diz autoridade

terça-feira, 28 de junho de 2016 16:03 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, disse a líderes da União Europeia (UE) nesta terça-feira que concorda com a previsão de economistas privados de que o crescimento da zona do euro será reduzido em cerca de 0,3 por cento a 0,5 por cento, cumulativamente, ao longo dos próximos três anos devido à saída britânica da UE, disse uma autoridade europeia.

A autoridade da UE disse que Draghi também afirmou aos líderes na reunião em Bruxelas que há risco de que as pessoas de fora da Europa possam começar a ver a UE como desgovernada e que os governos precisam lidar com tais receios.

O presidente do BCE também disse que é preciso lidar com a vulnerabilidade do setor bancário, segundo a autoridade.

(Por Noah Barkin e Francesco Guarascio)