Bovespa fecha em alta de 1,55% com commodities e recuperação no exterior

terça-feira, 28 de junho de 2016 17:39 BRT
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista subiu nesta terça-feira, dia de recuperação nos mercados internacionais após dois pregões de queda em decorrência da decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, e em meio a expectativas de medidas dos principais bancos centrais do mundo.

O Ibovespa subiu 1,55 por cento, a 50.006 pontos.

O giro financeiro foi de 5,83 bilhões de reais.

O índice havia recuado nas últimas duas sessões, marcadas por postura fortemente defensiva dos investidores no exterior por causa da decisão do Reino Unido, que trouxe preocupações sobre os possíveis impactos na recuperação econômica global.

Nesta terça-feira, as ações europeias voltaram a subir após a onda de vendas, diante de esperanças de uma resposta mais coordenada de bancos centrais caso seja preciso.

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, pediu um maior alinhamento global das políticas de bancos centrais em declarações nesta terça-feira.

Nos Estados Unidos, o S&P 500 ganhou 1,78 por cento. Commodities também tiveram um dia favorável, com alta do petróleo de mais de 3 por cento e do minério de ferro, o que contribuiu para recuperação da Bovespa.

Apesar da melhora pontual desta terça-feira, participantes do mercado esperam que a volatilidade continue, com a permanência de incertezas sobre a questão britânica.   Continuação...