BTG Pactual entregará a acionistas fatia de até US$1 bi em unidade europeia de commodities

quarta-feira, 29 de junho de 2016 09:08 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo financeiro BTG Pactual anunciou nesta quarta-feira que seu conselho de administração confirmou decisão de entregar a acionistas parte de sua participação acionária na unidade europeia de negociação de commodities Engelhart, em uma operação que prevê criação de novas ações preferenciais e que deve melhorar os índices de capital do banco.

O BTG Pactual vai entregar aos acionistas fatia de até 1 bilhão de dólares na Engelhart, sediada em Luxemburgo, na operação em que a participação do banco no negócio deverá ser reduzida de 92 para entre 34 e 35 por cento. A expectativa é que o negócio, anunciado inicialmente em abril, seja concluído no terceiro trimestre.

O grupo espera que a cisão da Engelhart permita uma simplificação de sua estrutura de capital e contábil e também uma redução na alavancagem e aumento do índice de Basileia.

Segundo o BTG, seu resultado em 2015 sem a Engelhart teria sido de lucro líquido de 3,419 bilhões de reais, enquanto a empresa de commodities teve resultado positivo de 1,197 bilhão de reais. Já no primeiro trimestre deste ano, o BTG Pactual sem considerar a companhia de Luxemburgo teve lucro líquido de 617 milhões de reais e a Engelhart de 455 milhões.

Segundo o grupo, os sócios do grupo de controle do BTG Pactual manifestaram interesse em receber participação na Engelhart por meio de resgate de pelo menos 72,4 por cento de novas ações preferenciais classe C a serem emitidas com a cisão.

A operação prevê a entrega de 835.012.142 ações PN classe C a titulo de bonificação aos acionistas na proporção de 92,906 por cento para cada unit BBTG11.

Além disso, está prevista a criação de ações preferenciais classes D e E que serão conversíveis ou resgatáveis por acionistas.

(Por Alberto Alerigi Jr.)