Raízen retomará operação de usina Bom Retiro em 2017, diz fornecedor de cana

quarta-feira, 29 de junho de 2016 13:04 BRT
 

Por Marcelo Teixeira

SÃO PAULO (Reuters) - A Raízen, maior produtora de açúcar do mundo, vai retomar as operações de uma usina de açúcar e etanol parada desde o início de 2015, quando baixos preços do adoçante tornaram a unidade economicamente inviável, afirmou à Reuters um importante fornecedor que participa do projeto.

A Raízen é uma joint venture entre Cosan e a Shell. A companhia não comentou imediatamente a informação.

A usina Bom Retiro fica na região de Piracicaba, interior de São Paulo, um importante centro de processamento de cana para a Raízen, que opera outras quatro usinas na região. Quando parou as operações, a unidade tinha capacidade de moagem de cerca de 1,4 milhão de toneladas por ano.

A Vignis, uma companhia de biotecnologia responsável por novos canaviais para a usina, disse que as operações devem ser retomadas em julho de 2017.

Atualmente, os preços do açúcar bruto em Nova York estão oscilando nos maiores níveis desde 2012, com o mercado se preparando para déficits globais do produto.