Índice europeu avança pelo 2° dia com alívio de nervosismo após referendo britânico

quarta-feira, 29 de junho de 2016 14:45 BRT
 

Por Danilo Masoni e Sudip Kar-Gupta

MILÃO/LONDRES (Reuters) - As bolsas europeias avançaram nesta quarta-feira em meio ao alívio do nervosismo em torno da decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, com a alta dos preços do petróleo e a chance de mais estímulos monetários também ajudando o mercado.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 subiu 3,06 por cento, a 1.290 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 teve alta de 3,09 por cento, a 326 pontos.

Enquanto o STOXX 600 ainda acumula perdas de 5,7 por cento desde o referendo no Reino Unido, o índice britânico FTSE devolveu todas as perdas pós-votação nesta quarta-feira, impulsionado por uma alta nas ações dos setores de energia e financeiro.

Operadores dizem que a falta de qualquer pressa evidente entre os políticos britânicos e europeus para invocar o Artigo 50 do Tratado de Lisboa da UE, o qual estabelece o processo para um Estado deixar o bloco, ajuda na confiança.

As ações das principais empresas petrolíferas europeias tiveram alta diante dos preços mais altos do petróleo depois que o governo dos Estados Unidos divulgou redução semanal maior que a esperada nos estoque de petróleo.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 3,58 por cento, a 6.360 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,75 por cento, a 9.612 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,60 por cento, a 4.195 pontos.   Continuação...