Dólar cai mais de 1% e vai abaixo de R$3,20 pela 1ª vez em um ano, com BC e Ptax

quinta-feira, 30 de junho de 2016 13:14 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar recuava mais de 1 por cento e ia abaixo de 3,20 reais pela primeira vez em um ano nesta quinta-feira, reagindo à ausência do Banco Central do mercado de câmbio e à briga pela formação da Ptax de junho.

A sessão era volátil, porém, e a moeda norte-americana chegou a subir pela manhã, em meio ao tom mais comedido nos mercados externos após dois dias de forte bom humor.

Às 11:56, o dólar recuava 1,22 por cento, a 3,1976 reais na venda, depois de acumular queda de 4,64 por cento nas duas sessões anteriores.

A moeda norte-americana chegou a 3,2476 reais na máxima e 3,1966 reais na mínima do dia, menor nível intradia desde 22 de julho de 2015 (3,1685 reais). O dólar futuro recuava cerca de 0,55 por cento.

"Essa queda do dólar surpreendeu muita gente e parte do mercado quer ver até onde esse movimento tem força para ir", disse o operador da corretora Intercam Glauber Romano, acrescentando que o mercado tende a ser mais volátil nas últimas sessões do mês devido à Ptax.

A taxa, calculada pelo BC, serve de referência para diversos contratos cambiais. Operadores costumam brigar por cotações nos últimos dias do mês para deslocá-las a patamares favoráveis a suas posições.

A inação do BC diante do recuo recente da moeda norte-americana também contribuía para manter o dólar em patamares baixos. Muitos operadores esperavam que a autoridade monetária tivesse agido para amortecer a queda do dólar, com medo de impactos sobre as exportações.

"O BC está claramente mais confortável com deixar o dólar seguir seu rumo, o que deixa o mercado mais à vontade para buscar patamares mais baixos", disse o operador de uma corretora nacional.   Continuação...

 
Notas de real e dólar são exibidas em casa de câmbio do Rio de Janeiro, em foto ilustrativa
10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes