Produção de carne bovina no Brasil deve cair entre 5 e 6% este ano, prevê Agroconsult

quinta-feira, 30 de junho de 2016 19:59 BRT
 

Por Natalia Scalzaretto

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de carne bovina no Brasil deve cair entre 5 e 6 por cento nesta ano ante 2015, devido a uma leve queda no número de abates e redução no peso dos animais por mudança na suplementação alimentar, estimou nesta quinta-feira a consultoria Agroconsult, após a realização da expedição técnica Rally da Pecuária.

"É uma redução suficiente para manter o equilíbrio entre a oferta e demanda, já em queda prevista no início do ano", disse o coordenador técnico do Rally, Maurício Nogueira. Ele destacou que está havendo uma substituição da carne bovina por proteínas mais baratas, como salsicha e ovos, por conta da recessão econômica no país.

Devido à alta dos preços do milho após quebra de safra e fortes exportações, os pecuaristas optaram por modificar suas estratégias de suplementação alimentar do gado, o que gerou efeitos negativos no peso médio dos animais.

"Esse ano a carne vai perder qualidade. Se a gente está diminuindo o pacote tecnológico, vamos ter uma carcaça mais mal terminada, ou com alimentos não tão adequados para a nutrição", disse Nogueira.

Os dados da expedição indicam queda estimada na intenção de confinamento bovino neste ano de 11,5 por cento, para 4,6 milhões de cabeças, ante 5,2 milhões de cabeças em 2015.

Além disso, o número de abates de bovinos no país deve cair de 0,5 a 1 por cento, disse Nogueira.

(Edição de Raquel Stenzel)