Atividade industrial da China tem estagnação em junho, mostra PMI

sexta-feira, 1 de julho de 2016 07:12 BRT
 

Por Elias Glenn

PEQUIM (Reuters) - O crescimento do setor industrial da China estagnou em junho, mostrou nesta sexta-feira a pesquisa oficial Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), ampliando as expectativas de que Pequim terá que adotar mais estímulos em breve para impulsionar a economia.

Embora a produção tenha atingido máxima de 12 meses, quase todas as outras medidas mostraram sinais de enfraquecimento, sugerindo que a recuperação na atividade está perdendo força. As encomendas para exportação e os estoques caíram e as empresas dispensarem trabalhadores a um ritmo mais rápido.

O PMI oficial de indústria caiu para 50,0 em junho ante 50,1 em maio, exatamente na marca de 50 que separa crescimento de contração. Analistas consultados pela Reuters esperavam leitura de 50,0, mínima de quatro meses.

Uma pesquisa privada do setor industrial sinalizou um cenário ainda mais sombrio, mostrando que a atividade encolheu mais do que o esperado em junho e pelo 16º mês seguido. O PMI do Caixin/Markit, que foca em empresas de pequeno a médio porte, caiu a 48,6, ante 49,2 em maio.

Já a pesquisa PMI oficial do setor de serviços mostrou que a atividade no setor acelerou em junho, a 53,7 ante 53,1 em maio, o que se sustentado indicará progresso na tentativa do governo de reequilibrar a economia.