Petroleira Total abre arbitragem contra Argélia por mudança em termos sobre taxa

sábado, 2 de julho de 2016 16:39 BRT
 

AIX-EN-PROVENCE, França (Reuters) - A petroleira francesa Total entrou com um pedido de arbitragem contra Argélia por mudanças nos termos de participação nos lucros do petróleo e do gás em contratos de meados dos anos 2000, afirmou o presidente-executivo Patrick Pouyanne neste sábado.

"Nós tentamos, como sempre, encontrar um acordo em primeiro lugar, mas não foi possível, por isso decidimos que iríamos buscar arbitragem", afirmou Pouyanne à Reuters, no intervalo de uma conferência em Aix-en-Provence.

O jornal Le Monde informou no sábado que a Total e suaparceira espanhola Repsol tinham iniciados processos judiciais em corte internacional de arbitragem de maio contra a Argélia e a petroleira estatal Sonatrach.

A Repsol não quis comentar.