BCE diz que saída do Reino Unido gera dúvida sobre projeto da UE e impacta crescimento

domingo, 3 de julho de 2016 13:01 BRT
 

AIX-EN-PROVENCE, França (Reuters) - O voto do Reino Unido para deixar a União Europeia gera dúvidas sobre a irreversibilidade do projeto da UE e vai ter um impacto negativo no crescimento, embora a extensão disso ainda seja incerta, afirmou o membro do conselho executivo do Banco Central Europeu (BCE) Benoit Coeure neste domingo.

"A saída do Reino Unido criou um clima de incerteza, incerteza financeira no curto prazo, e o banco central pode responder a isso, ele já o fez", disse Coeure durante uma conferência de negócios na cidade de Aix-en-Provence, ao sul da França.

"Nós temos instrumentos que estamos prontos a utilizar, graças a Deus não precisamos utilizá-los até o momento, mas estamos prontos para fazê-lo".

Coeure disse na última semana que era urgente deixar claro o calendário para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma vez que uma incerteza prolongada poderia ter um custo econômico, primeiramente para os britânicos, mas também para a UE em geral.

(Por Michel Rose)