Caixa pode precisar de aporte de R$5 bi do governo neste ano, diz Folha

domingo, 3 de julho de 2016 13:34 BRT
 

(Reuters) - A Caixa Econômica Federal [CEF.UL] pode precisar de um aporte de 5 bilhões de reais do governo neste ano para cobrir um rombo no fundo de pensão de seus trabalhadores, a Funcef, disse o jornal Folha de S. Paulo em reportagem publicada neste domingo.

O potencial aporte está em discussão entre executivos do banco e pode ser até maior, conforme a forte recessão do país eleva as taxas de inadimplência em empréstimos e afeta as receitas do banco, afirmou a Folha, sem citar as fontes da informação.

Procurados, porta-vozes da Caixa e do Ministério da Fazenda não responderam imediatamente a pedidos de comentário.

O novo presidente da Caixa, Gilberto Occhi, disse no último mês que o banco não precisaria de aporte de recursos pelo governo, uma vez que a instituição busca gerar recursos com a venda de fatias em seus negócios de seguros, loterias e cartões de crédito.

(Por Silvio Cascione)