Capacidade de produção de açúcar do Brasil deve crescer 2 mi t em 2017, diz Datagro

segunda-feira, 4 de julho de 2016 16:57 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A capacidade de produção de açúcar do Brasil deve crescer entre 1,5 milhão e 2 milhões de toneladas no próximo ano, uma vez que usinas têm planos de expandir instalações frente a um déficit na oferta global de açúcar, disse nesta segunda-feira o presidente da consultoria Datagro, Plínio Nastari.

Nastari disse que algumas companhias na região centro-sul do Brasil estão implementando pequenas expansões que devem resultar em maior capacidade para a safra da cana 2017/18.

Ele disse que as usinas estão provavelmente operando no limite de sua capacidade de produção de açúcar e não conseguem produzir mais do adoçante apesar dos altos preços internacionais.

A Datagro estima a produção de açúcar do centro-sul em 35,2 milhões de toneladas, ante 31,2 milhões de toneladas na última safra.

A consultoria elevou sua estimativa para o déficit na oferta global de açúcar em 2016/17 para 7,1 milhões de toneladas, ante 6,09 milhões de toneladas anteriormente.

A escassez no açúcar está impulsionando a procura pelo produto brasileiro, uma vez que o país está processando uma quantidade recorde de cana. A estimativa da Datagro é que 625 milhões de toneladas de cana-de-açúcar sejam processadas na região centro-sul nesta safra.

"A demanda está bastante forte no momento. O volume para ser embarcado em portos brasileiros é cerca de 40 por cento maior do que neste mesmo período no ano passado," disse Nastari a jornalistas nos bastidores do Fórum Agrícola Global, em São Paulo.

Ele disse que os preços do etanol no mercado local subiram seguindo a alta nos contratos do açúcar, fazendo com que o biocombustível perdesse competitividade ante a gasolina.

O consumo de etanol no Brasil caiu 13 por cento de janeiro a maio em comparação com o mesmo período no ano passado.

(Por Marcelo Teixeira)