Aneel marca para 2 de setembro leilão de 6,6 mil km de linhas de transmissão

terça-feira, 5 de julho de 2016 12:16 BRT
 

(Reuters) - O Brasil promoverá em 2 de setembro um leilão para a concessão de linhas de transmissão de energia que demandarão estimados 11,8 bilhões de reais em investimentos, segundo edital aprovado em reunião de diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira.

O certame oferecerá as concessões divididas em 22 lotes. As linhas, que somarão cerca de 6,6 mil quilômetros, renderão uma receita anual máxima de cerca de 2 bilhões de reais aos investidores que aceitarem construir e operar os empreendimentos, em valor sujeito a redução de acordo com a concorrência na licitação.

O prazo para implementação das linhas vai de 48 a 60 meses a partir da assinatura dos contratos, estimada para o final de novembro. As concessões serão por prazo de 30 anos.

A Aneel destacou que esse leilão terá uma nova metodologia, que prevê que a oferta de alguns lotes estará condicionada à concessão de outros, devido à interdependência entre os empreendimentos.

"Caso o lote condicionante não possua proponente, necessariamente será descartada a licitação dos seus lotes condicionados", explicou a agência em nota.

(Por Luciano Costa, em São Paulo)