Fluxo cambial fica negativo em US$3,56 bi em junho, com forte saída na semana passada

quarta-feira, 6 de julho de 2016 13:09 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O fluxo cambial, saldo de entrada e saída de moeda estrangeira do país, ficou negativo em 3,560 bilhões de dólares em junho, com a forte saída financeira vista na semana passada mais do que anulando o resultado positivo apurado até então.

Segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira, o Brasil perdeu 5,862 bilhões de dólares só na semana passada. Até então, o fluxo cambial estava positivo em 1,870 bilhão de dólares.

As saídas recentes concentraram-se principalmente no dia 29 de junho, quando a conta financeira --por onde passam investimentos diretos, em portfólio e outros-- exibiu déficit de 4,444 bilhões de dólares. Mesmo assim, o dólar recuou 2,09 por cento frente ao real naquele dia.

No acumulado do mês, a conta financeira mostrou saldo negativo de 7,492 bilhões de dólares, mantendo a tendência vista em todos os meses deste ano à exceção de abril.

O resultado financeiro mais do que ofuscou o superávit de 3,932 bilhões de dólares da conta comercial em junho, oitavo mês consecutivo no azul.

O dólar marcou no mês passado a maior queda mensal em treze anos frente ao real, reagindo ao otimismo cauteloso dos investidores com o Brasil e à ausência do Banco Central no mercado de câmbio. [nL1N19M260]

A moeda norte-americana reduziu as perdas desde então conforme o BC voltou a atuar, mas ainda acumulava queda de 16 por cento neste ano até a véspera.

No acumulado do ano até 1º de julho, o fluxo ficou negativo em 10,841 bilhões de dólares, comparado ao superávit de 10,443 bilhões de dólares no mesmo período do ano anterior. No acumulado deste ano, a conta comercial tinha superávit de 25,624 bilhões de dólares e a financeira, rombo de 36,465 bilhões de dólares.

(Por Bruno Federowski)