CORREÇÃO (OFICIAL)-Conab reduz previsão para 2ª safra de milho do Brasil em 7 mi t por seca

quinta-feira, 7 de julho de 2016 11:46 BRT
 

(Corrige texto no 4º parágrafo para esclarecer que previsão atual é de 95,57 mi t, e não 95,3 mi t, após correção oficial informada pela Conab)

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) reduziu em quase 7 milhões de toneladas a previsão para a segunda safra de milho do Brasil na temporada 2015/16, que está em fase de colheita, devido principalmente à falta de chuvas em importantes regiões produtoras, segundo relatório mensal divulgado nesta quinta-feira.

A segunda safra de milho foi estimada em 43,05 milhões de toneladas, ante 50 milhões da previsão de junho, enquanto a previsão para a safra total do cereal no país caiu para 69,14 milhões de toneladas, ante 76,22 milhões da projeção anterior.

Sobre Mato Grosso, principal Estado produtor de milho do país, a Conab destacou que "em praticamente todas as regiões, principalmente no Vale do Araguaia e Alto Xingu, não haverá colheita de boa parte das áreas plantadas, devido aos severos danos causados pela estiagem, que impossibilitou o pleno desenvolvimento do milharal e consequente produção de grãos nas espigas".

Já a safra de soja 2015/16 deverá atingir 95,57 milhões de toneladas, leve redução ante 95,63 milhões de toneladas na previsão de junho, e também abaixo dos 96,2 milhões de toneladas produzidas na temporada anterior.

(Por Gustavo Bonato e Marta Nogueira)