Principal índice fecha em alta com forte desempenho do mercado italiano

sexta-feira, 8 de julho de 2016 14:29 BRT
 

Por Danilo Masoni e Atul Prakash

MILÃO/LONDRES (Reuters) - As bolsas europeias avançaram nesta sexta-feira, encerrando uma semana de perdas em alta com o mercado de Milão tendo desempenho superior graças a um rali nos papéis de seus bancos.

As ações receberam um impulso no final da sessão do relatório mais forte que o esperado de emprego nos Estados Unidos.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 subiu 1,49 por cento, a 1.296 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 avançou 1,62 por cento, a 327 pontos, mas ainda assim encerrou a semana com perdas de 1,5 por cento devido às persistentes preocupações com as consequências econômicas e políticas da decisão do Reino Unido de sair da União Europeia (UE).

"As preocupações com a saída britânica são refletidas muito bem nos preços das ações, então a questão é quanto haverá de sofrimento antes do alívio. Provavelmente ainda está um pouco longe", disse o chefe de estratégia de ações do Baader Bank Gerhard Schwarz.

O índice de Milão superou o restante da região e terminou com alta de 4,08 por cento, com os bancos Intesa Sanpaolo, Banco Popolare e UniCredit registrando ganhos entre 8,7 e 18,4 por cento.

Fraqueza de capital e alto nível de inadimplência colocaram os bancos italianos no centro das preocupações imediatas dos investidores após o referendo britânico. Mas nesta sexta-feira operadores disseram que havia algum otimismo de que poderia ser alcançada uma solução para que os bancos italianos reduzissem a inadimplência.

O índice bancário europeu, setor com pior performance desde o referendo britânico e até agora este ano, avançou 3,8 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,87 por cento, a 6.590 pontos.   Continuação...