Deloitte, Price e Alvarez & Marsal disputam mandato para administrar Oi, dizem fontes

sexta-feira, 8 de julho de 2016 18:39 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O escritório Alvarez & Marsal e as firmas de auditoria independente PricewaterhouseCoopers e Deloitte & Touche estão disputando mandato para administrar o grupo de telecomunicações Oi, que pediu recuperação judicial, segundo duas fontes familiarizadas com o assunto.

A Oi pediu no mês passado proteção judicial contra credores em 65,4 bilhões de reais de títulos, dívida bancária e passivos operacionais. O juiz encarregado do caso pediu que a Anatel indicasse candidatos para administrar o processo.

Nesta sexta-feira, o regulador estendeu o prazo para as inscrições até o dia 11, segunda-feira.

(Por Ana Mano; com reportagem adicional de Tatiana Bautzer)