Mercado europeu fecha no maior nível desde decisão britânica de deixar a UE

segunda-feira, 11 de julho de 2016 14:32 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O índice pan-europeu STOXX 600 subiu nesta segunda-feira e fechou no maior nível desde que os britânicos decidiram deixar a União Europeia, após Theresa May vencer a corrida para suceder David Cameron como premiê, reduzindo a incerteza política no Reino Unido.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 subiu 1,50 por cento, a 1.315 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 avançou 1,64 por cento, a 332 pontos, nível mais alto de fechamento desde 23 de junho, dia do referendo britânico.

O rival de May pela liderança, Andrea Leadsom, desistiu da corrida nesta segunda-feira e Cameron disse que vai renunciar na quarta-feira para entregar o cargo a May e evitar um vácuo de liderança no verão.

Analistas disseram que May é uma política experiente que vai garantir estabilidade durante as negociações da saída britânica da UE.

"Nós sabemos que ela tem experiência e é um pouco mais estratégica, então o mercado está aliviado com isso", disse Ankit Gheedia, estrategista de ações e derivativos do BNP Paribas.

A alta nas ações de siderúrgicas também ajudou as ações europeias a subirem pela terceira sessão seguida, com o setor impulsionado por sinais de consolidação.

A ThyssenKrupp, maior siderúrgica alemã, disse que está em negociações com a indiana Tata Steel sobre a consolidação das siderúrgicas europeias afetadas pelo excesso de capacidade, demanda fraca e importações baratas.

As ações da Thyssenkrupp subiram 6,4 por cento, enquanto as da rival ArcelorMittal subiram 5,6 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,40 por cento, a 6.682 pontos.   Continuação...