Bovespa avança para a máxima desde abril com ajuda do exterior e de Petrobras

segunda-feira, 11 de julho de 2016 17:53 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta segunda-feira, na maior cotação desde o final de abril, guiado por ações da Petrobras e do setor elétrico, tendo como pano de fundo o cenário externo favorável e o rico noticiário corporativo local.

O Ibovespa subiu 1,54 por cento, a 53.960 pontos. Trata-se do maior patamar desde 28 de abril. Na máxima desta segunda-feira, o índice superou 54 mil pontos. O volume financeiro somou 6,2 bilhões de reais.

Em Wall Street, o índice acionário S&P 500 fechou em alta de 0,34 por cento, na máxima histórica de fechamento, conforme uma série de dados econômicos otimistas e baixo retorno de títulos de dívida continuaram direcionando investidores para as ações.

Os preços do petróleo fecharam em queda, após uma manhã volátil, pressionado o índice Thomson Reuters Commodities Research Bureau, que cedeu 0,25 por cento no final da sessão.

DESTAQUES

- PETROBRAS fechou com as preferenciais em alta de 5,28 por cento e as ordinárias com ganho de 4,8 por cento, apesar da piora do petróleo, com dados de produção da companhia no mês passado no radar. Para o Itaú BBA, é viável a Petrobras cumprir sua meta para o ano. O mesmo Itaú BBA elevou a recomendação das ações PN da Petrobras para "outperform", com novo preço-alvo de 14 reais.

  Continuação...