Airbus corre para fechar encomendas de jatos da AirAsia e GoAir

terça-feira, 12 de julho de 2016 11:44 BRT
 

FARNBOROUGH, Inglaterra (Reuters) - A Airbus assinou um acordo preliminar para vender 72 aviões para a indiana GoAir nesta terça-feira e estava negociando a venda de outras 100 aeronaves para outra companhia aérea asiática durante a feira de aviação britânica de Farnborough.

A GoAir informou que assinou um memorando de entendimento para comprar 72 aviões da última versão do modelo A320, em um negócio avaliado em cerca de 7,7 bilhões de dólares a preços de tabela das aeronaves.

Enquanto isso, o presidente da AirAsia, Tony Fernandes, viajou para o Reino Unido para finalizar encomenda de 100 Airbus A321neo para apoiar os planos de expansão da companhia aérea, confiante de que conseguirá obter descontos já que as fabricantes de aviões se preparam para uma desaceleração.

Uma fonte com conhecimento das negociações afirmou que os aviões poderão ser vendidos à AirAsia por menos que a encomenda anterior do modelo menor A320neo, embora o diretor de vendas da Airbus, John Leahy, afirmou anteriormente que os preços do A321neo estavam melhorando.

Na segunda-feira, tanto Airbus quanto Boeing ampliaram previsões para a demanda por aeronaves nos próximos 20 anos, apostando que um aumento na renda na Ásia continuará impulsionando os números de passageiros.

Mas analistas estão preocupados que os crescentes riscos para a economia global, desde a desaceleração do crescimento chinês à decisão do Reino Unido de abandonar a União Europeia, reduzam as encomendas de aviões ou mesmo levem a cancelamentos de pedidos.

E durante a feira britânica de aviação, participantes reportavam um nível menor de negócios sendo fechados do que em anos anteriores.

(Por Tim Hepher e Conor Humphries)