Ação da Gol dispara 20% após Comissão do Senado aprovar limite para ICMS sobre combustível

terça-feira, 12 de julho de 2016 13:59 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da companhia aérea Gol disparavam 20 por cento na tarde desta terça-feira após uma comissão no Senado aprovar regra que pode impor um teto para o ICMS que incide sobre combustível para aviação.

Às 13h51, as ações da companhia aérea subiam 19,8 por cento, a 4,16 reais, com forte volume de negócios. O Ibovespa enquanto isso subia 1,24 por cento.

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou por 10 votos a 8 o projeto de resolução que limita em 12 por cento a alíquota do ICMS sobre combustível de aviação.

Por ser uma resolução do Senado, o projeto só precisa agora da aprovação do plenário da Casa para ser promulgado. Ou seja, não precisa passar pela Câmara, segundo explicou o relator da proposta, senador Jorge Viana (PT-AC).

Se confirmado, o teto na prática resultaria na redução de alíquotas em Estados como São Paulo, que cobram 25 por cento de ICMS no querosene de aviação.

No primeiro trimestre, a Gol teve despesa de 756,9 milhões de reais com combustível de aviação, de um total de custos e despesas operacionais de 2,27 bilhões de reais. O montante gasto em combustível foi cerca de 4 por cento abaixo do gasto de um ano antes, em meio à redução da oferta pela companhia aérea.

(Por Alberto Alerigi Jr.)