S&P 500 e Dow Jones fecham em máximas recordes impulsionados por apostas em crescimento dos EUA

terça-feira, 12 de julho de 2016 18:47 BRT
 

Por Rodrigo Campos

(Reuters) - Os índices acionários norte-americanos S&P 500 e Dow Jones fecharam em máximas recordes nesta terça-feira, com a forte recuperação dos preços do petróleo impulsionando as ações do setor de energia, enquanto o Nasdaq entrou em campo positivo no acumulado do ano.

O índice Dow Jones subiu 0,66 por cento, a 18.347 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,7 por cento, a 2.152 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,69 por cento, a 5.022 pontos.

O S&P 500 renovou a máxima recorde de segunda-feira e o Dow Jones marcou uma nova máxima. O Nasdaq fechou na maior cotação desde o fim de dezembro.

Ações de setores cíclicos, como tecnologia, matérias-primas e energia, tiveram os maiores ganhos no S&P 500, amparadas pela visão de que a economia dos Estados Unidos, apesar do começo lento neste ano, está em ritmo sólido.

O setor de energia teve o melhor desempenho no S&P 500, com alta de 2,25 por cento após ganhos de quase 5 por cento nos preços do petróleo.

"Nós acreditamos que os lucros das empresas dos EUA e o crescimento do PIB atingiram o fundo do poço no primeiro trimestre. Se for esse o caso, as ações devem subir pelo menos mais 5 por cento a partir de agora neste ano", disse Paul Zemsky, diretor de investimentos da Voya Investiment Management em Nova York.

A Alcoa cimentou essa esperança por resultados melhores, uma vez que seu lucro e suas vendas superaram as expectativas do mercado. As ações da empresa subiram 5,4 por cento, a 13,69 dólares, o maior valor em mais de dois meses.