13 de Julho de 2016 / às 18:57 / em um ano

Smiles fecha acordo com plataforma para reserva de hotéis

SÃO PAULO (Reuters) - A Smiles anunciou nesta quarta-feira uma parceria com a Rocketmiles, braço do grupo norte-americano Priceline para reservas de hotéis, apostando no setor como uma de suas principais fontes de receitas nos próximos anos.

Pelo acordo, uma plataforma conjunta de ambas as empresas permitirá que clientes da Smiles acumulem e resgatem milhas com diárias de hotéis credenciados da Rocketmiles, uma rede de cerca de 400 mil estabelecimentos pelo mundo. A bandeira de reservas de hotéis operada pela Rocketmiles é a Booking.com.

O anúncio da Smiles acontece um dia após a rival Multiplus, que administra programa de fidelidade da divisão brasileira da Latam, fechar parceria similar com a Expedia, também especializada em reservas de hotéis.

Em junho, Bradesco e Banco do Brasil lançaram a Livelo para disputar o lucrativo mercado de fidelidade de clientes no país, liderado por Smiles e Multiplus.

Segundo o presidente-executivo da Smiles, Leonel Andrade, a parceria com a Rocketmiles permitirá uma diversificação maior das receitas nos próximos anos. Atualmente, a maior parte do faturamento da Smiles vem de milhas acumuladas em voos de sua dona, a companhia aérea Gol, e da transferência de pontos acumulados em programas de cartões de crédito pelos bancos.

“Daqui a dois anos, as diárias de hotéis serão tão relevantes para nós quanto o acúmulo de passagens aéreas”, disse Andrade a jornalistas.

As ações da Smiles tinham alta de 2,25 por cento às 15h48, enquanto o Ibovespa tinha valorização de 0,3 por cento.

Embora tenha negado que o objetivo da iniciativa seja concorrer com agências viagens, o executivo disse que a Smiles vai buscar parcerias similares nos próximos anos, que permitam a clientes acumularem milhas com compra de ingressos de teatros, locação de veículos e restaurantes, entre outros.

“A ideia é ser mais que uma agência de viagens, uma solução completa de turismo”, disse.

O próprio grupo Priceline tem uma série de programas de reservas de produtos para turistas e que podem ser alvos de futuros acordos com a Smiles mais adiante.

Acordos prévios da Smiles com empresas como a rede de hotéis Accor e a locadora de veículos Localiza, no entanto, serão mantidos.

O acordo de exclusividade por cinco anos com a Smiles fez a Rocketmiles, sediada em Chicago, desistiu de um acerto prévio feito anteriormente com a Tudo Azul, programa de fidelidade rival da companhia aérea Azul, terceira maior do país.

Segundo Andrade, o acordo com a Rocketmiles prevê um sistema de remuneração similar ao que a Smiles tem com a Gol e bancos brasileiros, “por isso não deve haver pressão sobre as nossas margens nos próximos anos”.

No entanto, diferente do que faz com sua controladora ao comprar passagens aéreas com antecedência, a Smiles não vai adquirir com antecedência reservas em hotéis da rede da Rocketmiles.

A lógica do negócio, segundo o presidente-executivo da Rocketmiles, Jay Hoffmann, é “repassar ao cliente na forma de milhas parte da remuneração que teria de pagar ao agente de viagens” na forma de comissão pelo serviço de reserva de diária de hotel.

A parceria mostra o esforço das empresas de programas de fidelidade para não perder fôlego e diversificar receitas, num momento em que a recessão no país têm reduzido gastos dos consumidores.

Na véspera, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que as vendas no varejo no país caíram 1 por cento em maio sobre o mês anterior, no pior resultado para o mês na série histórica.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below