Prata sobe 50 por cento no ano, mas requer cuidado por volatilidade

quarta-feira, 13 de julho de 2016 17:25 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os preços da prata dispararam quase 50 por cento até agora neste ano, revertendo três anos de perdas, mas a história mostra que investidores que pretendem aderir à onda devem ter desconfiança.

Um aumento no ouro e preços otimistas nos metais industriais, aliados a perspectivas para ainda mais estímulos monetários de importantes bancos centrais, provocaram movimentos impressionantes.

Expectativas de que o Banco da Inglaterra despeje mais dinheiro na economia britânica após o voto do país de deixar a União Europeia, somada à possibilidade de que o Banco do Japão e o Banco Central Europeu adotem ações similares por motivos próprios, ajudaram a empurrar para cima os preços de metais industriais.

Mas movimentos como o salto de 32 por cento na prata, de 15,94 dólares por onça em 1º de junho a 21,107 dólares em 4 de julho, ainda são difíceis de justificar em termos econômicos, significando que compradores devem estar cientes sobre o que operadores chamam de "metal do diabo".

"A prata tende a mover-se de forma imprevisível --ficou entre 7 dólares e 50 dólares por onça nos últimos 10 anos," disse o analista da Macquarie, Matthew Turner. "Estava um tanto fraca no final de maio e é difícil dizer que os fundamentos mudaram muito desde então".

(Por Jan Harvey; reportagem adicional de Marcy Nicholson)