Bovespa tem 6ª alta seguida e fecha na máxima em mais de 1 ano com bancos

quarta-feira, 13 de julho de 2016 17:48 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta quarta-feira, na máxima em mais de um ano, ganhando fôlego na parte da tarde com o avanço das ações de bancos e da mineradora Vale, que prevaleceu sobre o declínio dos papéis da Petrobras.

O Ibovespa subiu 0,63 por cento, a 54.598 pontos, maior patamar de fechamento desde 25 de maio de 2015. Na mínima, pela manhã, o índice caiu quase 1 por cento.

O volume financeiro do pregão somou 8,79 bilhões de reais.

Profissionais do mercado de renda variável não apontaram um fator específico para a melhora, mas citaram que a expectativa de novos estímulos econômicos no Reino Unido e no Japão e sinais positivos da economia norte-americana seguem alimentado o apetite por risco.

O banco central britânico anuncia na quinta-feira decisão sobre juros e a expectativa é de que leve os custos dos empréstimos para uma nova mínima.

Nos Estados Unidos, o Livro Bege do Federal Reserve mostrou que a economia norte-americana continuou expandindo de meados de maio até o final de junho, mas houve poucas indicações de que a inflação vai acelerar em breve.

No exterior, o preço do petróleo recuou fortemente pressionado por dados de estoques da commodity dos EUA, enquanto os principais índices acionários de Wall Street terminaram ao redor da estabilidade.

O foco no cenário local se voltou para a escolha do novo presidente da Câmara dos Deputados para suceder o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou em meio a diversas denúncias de corrupção e processo que pede a cassação de seu mandato. A votação para presidente da Câmara deve ocorrer na noite desta quarta-feira.   Continuação...