Venezuelana PDVSA encontra fraude em processos de aquisição

quarta-feira, 13 de julho de 2016 18:20 BRT
 

CARACAS (Reuters) - A venezuelana PDVSA está investigando alegações dos Estados Unidos de uma conspiração de 1 bilhão de dólares de suborno envolvendo a companhia estatal de petróleo e encontrou que houve fraude em processos de aquisição, de acordo com um relatório dos resultados de 2015.

A PDVSA, o motor financeiro do governo socialista do presidente Nicolas Maduro, havia anteriormente criticado o caso da corte de Houston contra dois empresários venezuelanos como parte, dizendo que era parte de uma campanha de difamação de oponentes que tentavam ligá-la à corrupção.

Mas a declaração financeira auditada da PDVSA, publicada nesta semana, disse que uma sindicância interna "confirmou que a companhia foi vítima de fraude no seu processo internacional de aquisição."

A acusação disse que cinco funcionários da PDVSA receberam centenas de milhares de dólares em suborno, principalmente na forma de transferências bancárias mas também por meio de pagamento de hipotecas, passagens aéreas, e em um caso específico, de uísque.

O relatório da PDVSA disse que, porque a investigação continua, "não há, até o momento, nenhum impacto material nos resultados financeiros consolidados."

(Por Corina Pons)