União Europeia avança para dar à China status de economia de mercado

quarta-feira, 13 de julho de 2016 23:11 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - A União Europeia está avançando com o processo para dar à China status de economia de mercado para impulsionar o comércio, mas o bloco está preocupado com o excesso de capacidade chinesa, disse um alto funcionário da Comissão Europeia na quinta-feira (horário local).

"Somos a favor do livre comércio ... enquanto o excesso de capacidade prejudicar o comércio justo, é muito difícil ter livre comércio", disse o vice-presidente da Comissão UE para emprego, crescimento, investimento e competitividade, Jyrki Katainen, em um evento em Hong Kong. "Estamos dispostos a cumprir nosso compromisso legal, mas não somos ingênuos."

Ele disse a jornalistas que a UE está procurando discutir com a China sobre como lidar com o excesso de capacidade.

A UE espera que o aumento do investimento da China em projetos de infraestrutura, disse Katainen, que estava em Hong Kong depois de participar de uma reunião de cúpula de dois dias China-UE em Pequim.

Ele disse o referendo britânico para sair da UE não terá qualquer impacto sobre os investimentos.

"Brexit não tem qualquer impacto sobre os investimentos para a Europa ... é claro que a incerteza geral é sempre ruim para os investimentos e o crescimento econômico global."

(Por Sumeet Chatterjee)

((Tradução Redação São Paulo, +5511 56447719))