Venda e lançamento de imóveis em SP no ano até maio batem piso desde 2004, diz Secovi

quinta-feira, 14 de julho de 2016 07:18 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As vendas e lançamentos de imóveis residenciais novos na capital paulista mantiveram tendência de queda em maio, registrando no acumulado do ano o menor patamar desde o início da pesquisa em 2004, informou nesta quinta-feira o sindicato de habitação, Secovi-SP.

No quinto mês do ano, a venda de imóveis novos caiu 50,7 por cento na comparação anual, a 1.059 unidades. Em relação a abril, o recuo foi de 10,4 por cento. No acumulado do ano, as vendas caíram 27,9 por cento sobre 2015, para 5.097 unidades.

Os lançamentos caíram 52,9 por cento em maio na comparação anual, para 1.166 unidades, mas subiram 67,8 por cento em relação a abril, de acordo com dados da Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp) divulgados pelo sindicato. No ano até maio, os 3,6 mil lançamentos representaram queda de 54,4 por cento ante mesma etapa de 2015.

"A expectativa é que o mercado imobiliário tenha alcançado o ponto mais baixo. Agora, diante das perspectivas de melhoria implantadas pelo novo governo federal, percebemos a retomada gradativa da confiança dos consumidores e empresários", disse em nota o presidente do Secovi, Flavio Amary.

(Por Juliana Schincariol)