Ataque explode gasoduto no sudoeste da Nigéria, diz polícia

quinta-feira, 14 de julho de 2016 14:43 BRT
 

LAGOS (Reuters) - Um gasoduto operado pela estatal de energia da Nigéria no Estado de Ogun, ao sudoeste do país, foi atacado por homens disfarçados de equipes de manutenção, afirmou a polícia local nesta quinta-feira.

Ataques de militantes a estruturas de petróleo e gás na região do Delta do Niger, no sul e sudeste, têm pressionado a produção da Nigéria nos últimos meses, que atingiu mínima em 30 anos na primavera.

Mas instalações na região sudoeste, que não faz parte da área do Delta, até agora não haviam sido alvo de ataques.

Os grupos de militantes pedem que uma parcela maior da riqueza obtida pela Nigéria com a exploração de petróleo e gás seja direcionada à região do Delta, que é o principal centro energético do país.

Um porta-voz da polícia do Estado de Ogun, Muyiwa Adejobi, disse que o ataque aconteceu na terça-feira à noite, na cidade de Ogijo.

O gasoduto leva gás até a capital comercial Lagos, a cerca de 80 quilômetros do Estado de Ogun, e a outras partes do sudoeste.

Segundo Adejobi, há "insinuações de que militantes podem ser os responsáveis", mas ele disse que a polícia "não está se precipitando em conclusões ainda sobre quem foi o grupo responsável". Até o momento ninguém admitiu responsabilidade pelo ataque.

(Por Anamesere Igboeroteonwu)