Governo de SP diz que retomará discussões sobre privatização da Cesp; ações disparam

sexta-feira, 15 de julho de 2016 14:14 BRT
 

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - O governo de São Paulo retomará brevemente discussões sobre a privatização da estatal paulista de energia Cesp, disse o secretário da Fazenda do Estado, Renato Villela, para investidores em evento promovido pelo JPMorgan nesta sexta-feira, o que levou as ações da elétrica a dispararem na Bovespa.

De acordo com relatório do JPMorgan, Villela afirmou no encontro que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) provavelmente ajudará a coordenar um eventual processo de venda da companhia.

"O governo do Estado não vê sentido em continuar envolvido nesse negócio...a Cesp não é vista como um ativo core e crucial para o Estado", disse o JPMorgan, ao relatar o encontro com o secretário paulista.

A Secretaria da Fazenda confirmou as declarações de Villela.

A Cesp possui um valor de mercado de 3,87 bilhões de reais. A fatia do governo de São Paulo na empresa é de 40 por cento.

Os papéis subiam cerca de 15 por cento às 14:00, depois de terem avançado 21,5 por cento na máxima da sessão, após o JPMorgan divulgar seu relatório.

A Cesp opera três hidrelétricas em São Paulo em um total de 1,65 gigawatt em capacidade instalada.

  Continuação...