BC mantém juro básico em 14,25% e reforça que não há espaço para cortes

quarta-feira, 20 de julho de 2016 18:13 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central manteve nesta quarta-feira a taxa básica de juros em 14,25 por cento ao ano em decisão unânime e em linha com expectativa dominante de especialistas, na primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) sob o comando de Ilan Goldfajn.

"Tomados em conjunto, o cenário básico e o atual balanço de riscos indicam não haver espaço para flexibilização da política monetária", informou o BC em comunicado com novo formato, mais extenso e pelo qual apontou riscos para o cenário de inflação, entre os quais a permanência de "incertezas quanto à aprovação e implementação dos ajustes necessários na economia".

Pesquisa Reuters mostrou que 42 de 43 economistas consultados previram que a Selic não seria mexida agora, com avaliações de que o Copom sob a batuta de Ilan poderia reforçar o tom mais duro na condução da política monetária.

(Por Marcela Ayres)